menu
Santa Cecília do Pavão - PR. | Whatsapp: 4391376555
-
BRASIL
BRASIL
Postada em 12/05/2016 ás 15h14 - atualizada em 12/05/2016 ás 15h14
CARRO DO SOGRO QUEBRA E NOIVO CHEGA EM CASAMENTO NA VIATURA DA POLÍCIA
CARRO DO SOGRO QUEBRA E NOIVO CHEGA EM CASAMENTO NA VIATURA DA POLÍCIA

Moisés Vicente, eletricista de 31 anos, estava pronto para realizar o sonho de se casar quando foi surpreendido por uma situação inusitada. O carro que levava ele, um padrinho, uma madrinha e uma daminha de honra para a igreja quebrou e todos chegaram à cerimônia, realizada no último fim de semana, em uma viatura da Polícia Militar de Araras (SP).

O eletricista contou que foi buscar a madrinha em um salão de beleza com um Astra do tio e no meio do caminho resolveu destinar o veículo para a noiva para que ela pudesse ir para a igreja de forma mais confortável. “Resolvi deixar o carro com meu primo para ele pegar a Fabíola e peguei um Prisma ano 2012 do meu sogro”, contou.

Ele decidiu fazer um caminho mais curto para a Igreja Batista Nacional de Araras, pela estrada que liga a cidade a Conchal, e aí veio a surpresa.

“O carro quebrou. Ficamos uns cinco minutos lá, com carro passando do lado, o pisca alerta ligado, ligando para todo mundo e a madrinha toda arrumada no meio da rua. Enquanto eu olhava o motor, vi uma viatura da polícia vindo de longe e pedi ajuda”, relatou.

Segundo Moisés, os policiais foram muito solícitos e decidiram ajudar. “Eles olharam e falaram que o certo seria ligar para a concessionária responsável pela estrada, então eu contei que ia casar e que faltavam menos de 10 minutos para a cerimônia, e começou a brincadeira. Falaram que meu sogro que tinha mandado eles lá e rolou a carona”.

O padrinho que estava com o noivo ficou tomando conta do carro e a madrinha e a daminha foram com Moisés no banco de trás da Hilux da polícia. “Chegando na frente da igreja eles ainda ligaram a sirene e todo mundo achou que era montado”, contou o eletricista, que acabou rasgando a calça ao descer do veículo.

“Quando eu tive que ajoelhar ficava sempre com as pernas juntas para não ter problema”, disse entre risos em uma pausa da lua de mel em Porto de Galinhas (PE).
Polícia.

Marcelo Stephani, um dos policiais que atenderam o noivo, contou que a situação foi inusitada também para a equipe.

"Estávamos em deslocamento para Conchal, onde o sargento Antonio Silva ia prestar apoio e orientação a uma guarnição que atendia uma ocorrência e, durante deslocamento pela SP-191, nos deparamos com o veículo parado no acostamento e com as luzes de alerta ligadas", contou o PM.

"Nesse momento, o noivo pediu socorro por gesto e paramos para ajudar", completou. "Noivo com veículo quebrado quando estava indo para o casamento foi a primeira vez [que atendemos]".
FONTE: LÍDER PAVÃO
leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Enquete
Qual sua expectativa em relação ao novo(a) prefeito(a)?

Péssima
45 votos - 33.6%

Ótima
45 votos - 33.6%

Mais ou menos
44 votos - 32.8%

facebook
twitter
© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium