menu
Santa Cecília do Pavão - PR. | Whatsapp: 4391376555
Nick Azevedo
Santa Cecília do Pavão - PR
SAÚDE
SAÚDE
SAÚDE
SAÚDE
Postada em 24/01/2017 ás 18h46 - atualizada em 24/01/2017 ás 18h46
Governo Federal libera R$ 8,7 milhões para a saúde de Cornélio Procópio e região
Governo Federal libera R$ 8,7 milhões para a saúde de Cornélio Procópio e região
Governo Federal libera R$ 8,7 milhões para a saúde de Cornélio Procópio e região

Com a otimização dos gastos públicos, o Ministério da Saúde liberou R$ 8,7 milhões para Cornélio Procópio e municípios da região da Associação dos Municípios do Norte do Paraná (AMUNOP). O anúncio foi feito pelo ministro da Saúde, Ricardo Barros, nesta sexta-feira (20), durante encontro com prefeitos e gestores de saúde em Cornélio Procópio (PR). 



Do total, R$ 6,8 milhões são em valores empenhados de emendas parlamentares. Também estão sendo liberados cerca de R$ 1,9 milhões/ano para três serviços que estavam em funcionamento sem a contrapartida federal, como leitos e saúde bucal. Esses serviços estão presentes em três municípios: Bandeirantes, Cornélio Procópio e Rancho Alegre. 



"Além da liberação desses recursos, também estamos entregando três ambulâncias SAMU para renovação de frota dos municípios de Assaí, São Jerônimo da Serra e Uraí; ainda existem 17 obras que contam com recursos federais nessas cidades da AMUNOP; 15 desses municípios contam com 23 profissionais do Mais Médicos, então, há uma grande presença de recursos federais aqui e também de estaduais que complementam com os prefeitos a assistência à saúde", ressaltou Ricardo Barros.



Além de Cornélio Procópio, gestor da AMUNOP, os municípios que integram o consórcio são: Assaí, Bandeirantes, Congonhinhas, Itambaraca, Leopolis, Nova América da Colina, Nova Fátima, Nova Santa Barbara, Rancho Alegre, Santa Amélia, Santa Cecília do Pavão, Santa Mariana, Santo Antonio do Paraíso, São Jerônimo da Serra, São Sebastião da Amoreira, Sapopema, Sertaneja e Urai. 



Prioridade do ministro Ricardo Barros nos primeiros 200 dias à frente da pasta, a otimização de gastos alcançou uma eficiência econômica total no país de R$ 1,9 bilhão, possibilitando aumentar a assistência no Sistema Único de Saúde (SUS) à população. 



Paraná 



No dia 16 de janeiro, o Ministério da Saúde liberou para a saúde do estado do Paraná R$ 402,7 milhões. São recursos referentes a emendas parlamentares e investimentos do Governo Federal destinados ao custeio de 671 serviços/leitos que estão em funcionamento e não contavam com contrapartida ou qualificação da pasta no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). O estado também recebeu 23 novas ambulâncias para renovar a frota do SAMU 192, com investimento federal na ordem de R$ 5 milhões.


leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
mais lidas do mês
Enquete
Qual sua expectativa em relação ao novo(a) prefeito(a)?

Péssima
45 votos - 33.6%

Ótima
45 votos - 33.6%

Mais ou menos
44 votos - 32.8%

facebook
twitter
© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium